UFV cede terreno à Prefeitura para construção de escola de tempo integral

03/07/2017

A construção da primeira escola totalmente de tempo integral de Viçosa já foi licitada e deve começar imediatamente. A Universidade Federal de Viçosa (UFV) autorizou a cessão de parte do terreno do Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (CENTEV), em Novo Silvestre, solicitado pela Prefeitura para a construção do educandário.

A reitora da instituição, professora Nilda de Fátima Ferreira Soares, assinou o contrato do termo de cessão de uso da área de aproximadamente 5 mil metros quadrados, junto com o prefeito de Viçosa, Ângelo Chequer, na última sexta-feira (30), no salão nobre do CENTEV. Participaram do ato o vice-reitor da UFV, professor João Galvão; o superintendente de Gestão Pública e Governança, Luciano Piovesan Leme; a secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Ivone Barros; além de gestores do CENTEV e membros de conselhos e colegiados da instituição.

Para a reitora, a universidade cumpre seu papel social através da parceria. Ela também comentou sobre a importância do tempo integral na formação de crianças e adolescentes e o reflexo desse investimento no ensino superior. “Quando as crianças ficam em tempo integral na escola, elas tem oportunidade de aprender, não só aquilo que faz parte da grade, mas também as habilidades essenciais que complementam a formação de qualquer jovem. Crianças que recebem educação de melhor qualidade soma positivamente para ensino superior, que ao receber alunos bem formados, nos permite avançar com mais facilidade”, destacou.

O prefeito ressaltou o ganho da proximidade da nova escola com o CENTEV, tanto pela importância histórica das instituições que ali já funcionaram, tanto pela própria atividade de inovação, tecnologia e empreendedorismo do órgão, que pode acrescentar em muito na vida dos estudantes. Chequer agradeceu à UFV pela “sensibilidade e compreensão unânime da importância do projeto” e reforçou à reitora seu interesse em estreitar as relações e parcerias entre o Município e a Universidade.

Licitada pelo valor de R$ 2.743.374.95 (dois milhões, setecentos e quarenta e três mil, trezentos e setenta e quatro reais e noventa e cinco centavos) provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a obra será executada pela empresa Vida Nova Construtora e Incorporadora Ltda, de Belo Horizonte, no prazo de 9 meses.

O novo complexo educacional terá 3.228,08 m² de área construída e capacidade para atender 390 alunos, desde a educação infantil até os anos finais do ensino fundamental. Serão 8 blocos de construção, com 12 salas de aula, biblioteca, auditório, laboratórios de informática e ciências, grêmio estudantil, cozinha, refeitório, pátios internos, quadra coberta e vestiários.

Este slideshow necessita de JavaScript.