Prefeitura promove Gincana Ecológica entre escolas de Viçosa

05/07/2017

Lacres de latinhas serão trocados por cadeiras de rodas. Disputa vele uma moto zero km para a escola vencedora

Alunos e funcionários das escolas municipais, estaduais e privadas de Viçosa estão empanhados em uma disputa que busca desenvolver solidariedade e sensibilidade por questões sociais e ambientais. As escolas tem até o final de setembro para juntar lacres de latinha de alumínio e óleo de cozinha usado. Ao final da disputa, a escola que conseguir juntar maior quantidade do material, proporcional ao número de alunos, levará uma moto zero de 125 cilindradas.

Uma iniciativa das secretarias de Cultura e de Educação do Município, a Gincana Ecológica foi apresentada aos dirigentes das escolas na última semana no auditório da estação cultural Hervé Cordovil, no centro da cidade.

O secretário de Cultura, Paulo Roberto Cabral, falou sobre a importância social e ambiental da gincana e explicou qual será a destinação dos materiais colhidos. “Existem empresas de reciclagem que trocam lacres por cadeiras de rodas. 140 garrafas pet de dois litros equivalem a uma cadeira de rodas. As cadeiras que a gente conseguir após a campanha serão doadas para a Associação de Pessoas com Deficiência de Viçosa (APONE). Já o óleo usado será destinado a uma indústria que reaproveita o material na produção de novos produtos”, ilustrou o secretário.

A entrega da premiação será realizada no dia 30 de setembro de 2017, durante as festividades pelo aniversário da cidade. Cada litro de óleo usado equivale a 1 ponto a cada garrafa de 2 litros cheias de lacres equivale a 5 pontos. A escola que obtiver o maior número de pontos proporcional ao número de alunos vencerá a disputa. A moto, doada por um empresário da cidade, será destinada à escola vencedora, que poderá rifá-la e utilizar o recurso em outra demanda se achar necessário.